Dicas de up- mineiro

Olá meus povos e minhas povas,

Continuando com a minha série de tutorias cuja finalidade é clarear as ideias de quem está lendo e tentar ajudar a upar uma profissão, deixo neste post um “guia” para upar a profissão de mineiro, vale ressaltar que este “tutorial” não é uma tentativa de padronizar o up e sim dar ideias para possíveis receitas que possam ajudá-l* nessa empreitada.

Desta vez, decidi adotar uma forma diferente de “trabalhar”, não vou mais comentar sobre os itens escolhidos(tentarei), apenas irei mostrar em qual nível eu julgo que aquela determinada receita é a mais simples de se fazer para ganhar uns pontos de experiência.

PS: Todas as receitas foram escolhidas através de quatro simples ferramentas:

  1. Os recursos utilizados eram baratos no dia que o post foi criado(08-01-2016);
  2. Os recursos utilizados podem ser dropados, em sua grande maioria, numa mesma região, o que facilita a vida de um jogador que assim como eu tem apenas uma conta;
  3. Os recursos utilizados na receitas são de fácil acesso a qualquer jogador, sejam eles criados a partir de uma outra profissão que esse jogador possa ter ou não, sejam eles fáceis de dropar.   
  4. A receita é tensa, mas é a única que vai te ajudar naquele nível (sim, isso acontece, mas nesses casos você também pode chorar se lhe for conveniente).

 

Sabendo isso, deixo de lenga lenga e vamos ao que interessa:

level 1-20: Não tem o que fazer, vá coletar ferro pra ganhar uns níveis e depois faça a única liga disponível até atingir o nível 20, a magnífica ferrita;

ferrita

level 20-40

20- aluminita

30-(opcional, se quiser upar mais rápido) safira

level 40-50

40- ebonite

ebonite

level 50-80

50- Nessa parte você não tem muita opção, ou gasta grana pra polir pedras de rubi, esmeralda ou diamente ou upa sua profissão catando recursos.

rubi

60*-orbe regenerativo menor, recomendo esta receita caso você tenha fácil acesso a pepitas

orbe menor

60- magnesita, todos os recursos estavam baratos no dia que fiz o post.

magnesita

level 80-100

80- bakelelita

90*- àgata, caso você tenha kamas sobrando pra comprar os recuros.

level 100-150

100- runa de assinatura, agora que todos temos todas as profissões, você pode fabricar a poção de memória.

100-kuartzo, mais barato, você pode catar os recursos, ou comprar todos eles caso seja rico e ser feliz

120- orbe regenerativo, recomendo esta receita apenas se você tiver fácil acesso a pepita

120*- guildalogema, recomendo que você avalie bem os preços caso vá comprar os seixos para fazer essa receita, eu observei o mercado por alguns dias e o preço dele não ficava constante, as vezes estava muito barato, as vezes muito caro

150-200

150- agua-marinha

160- rutilo, esta receita é a mais em conta, colete recursos e vá fazendo elas até o nível 200

receita alternativa:

180- Orbe regenerativo maior, caso você tenha acesso fácil e/ou barato a pepita.

orbe maior

Dia da pesquisa de preço: 08-01-2016

Espero que ajude, um abraço, Calango Axe-blond, deusa menor do conhecimento.

calangão2

Dicas de up – Joalheiro

Olá meus povos e minhas povas,

índice

Muita coisa envolvendo o up de profissões mudou com a não tão recente atualização no sistema que foi efetivada pela ankama e com isso meus antigos tutoriais ficaram defasados e inúteis (como se eles fossem úteis).

Decidi atualizá-los, olhei com calma e paciência receita por receita, analisei preços nos mercados, fiz umas equações monstruosas para calcular a quantidade de itens a serem feitos e cheguei a uma conclusão, o up não está mais difícil como muitos me contaram, mas isso é algo subjetivo, cada um vê e interpreta da sua forma.

Com essa nova série de tutoriais, pretendo ajudá-los a pelo menos clarear as ideias sobre quais itens fazer para atingir o tão sonhado level 200 numa profissão. Vale ressaltar que isso aqui não é uma forma de padronizar o processo, pois algumas receitas escolhidas por mim podem ser extremamente simples e ou baratas para uns enquanto que para outros elas podem custar um rim ou mais, portanto, caso você tenha alguma dúvida/crítica/sugestão/opinião fique a vontade para enviar uma mensagem para esse velho feca que vos fala, ou melhor, escreve.

Então chega de lenga lenga e vamos ao que interessa, as dicas do Puka para upar sua profissão de joalheiro:

Level 1 – 5

O S’Mesmo – Escolhi a receita por ser muito simples, um recurso pode ser dropado em incarnam enquanto o ferro pode ser pego por mineradores level 1, além de serem baratos para comprar na loja, caso você esteja disposto a gastar uns trocados com isso;

O s mesmo

level 5-10

A Lágrima do papatudo – A receita é simples e você dropa tudo em incarnam;

5-10

Receita alternativa:

O pendente da coruja fraca – A receita é tão simples quanto a do amuleto chamado “A lágrima do papatudo” porém, lhe concede menos XP.

5-10-2

Level 10-25

Amuleto do piu azul/amuleto do piu vermelho – As receitas são simples, itens fáceis de dropar e baratos se você for comprar;

level 25-41

A reineta – utilize-a para atingir o nível 32;

Amuleto do papatudo – Utilize-a para atingir o nível 32;

Dragolira – faça este amuleto até atingir o nível 40;

Broche celestial – faça até atingir o nível 41;

25-41-425-41-325-41-225-41

Escolhi essas receitas porque todas utilizam recursos não muito difíceis de obter;

Level 41-89

Amuleto do pirata – faça do nível 41 ao 50;

Amuleto do Kam Assutra – faça do 43 ao 50;

Blopanel* – todos os anéis tem receitas parecidas, ótimas pra conseguir xp;

Amuleto do xelor – Amuleto level 52 que pode ajudar a variar um pouco pra ganhar xp;

O olho do kanigre – Amuleto level 52 que pode ajudar a variar um pouco pra ganhar xp;

Blopanel Real – faça qualquer um destes do nível 80 ao 89;

level 89-98

A folha de outono – O único item dessa faixa de nível que para mim vale a pena, fique com ela até o level 98;

89-98

level 98-123

Anel do rato negro – Faça este item do nível 98 até o 100/101;

colar do dragão porco – Você pode utilizar este item para upar até o 113;

colar do rato negro – Você pode utilizar este item para upar até o 113;

colar/luva do rato branco – Você pode utilizar este item para upar até o 113;

anel ancestral – Você pode utilizar este item para upar até o 118;

amuleto renovado – Você pode utilizar este item para upar do 118 até o 123;

a folha da primavera – Você pode utilizar este item para upar do 123 ao 127;

anel mastic/amuleto do papamute real – Você pode utilizar esses itens para upar até o 136;

Level 136-165

aguanel – Você pode usar este item para upar até o level 138/139;

talismã dolin – Você pode usar este item para até o level 138/139;

anel/talismã do carvalho mole – Podem ser usados para upar até o level 141, todos os recursos são dropados praticamente no mesmo lugar e render umas kamas;

anel wanda – Você pode fabricar este item até atingir o nivel 147/148;

anel do naufrago/amuleto de frigostina – Você pode fabricar estes itens para upar até o nível 154;

talismã dalyfbotes – Você pode usar esse item para upar até o nível 160 e ganhar uns trocados;

colar iê-iê-iê – Utilize esta receita para upar até o nível 165;

amuleto da berna – Receita alternativa para upar até o nível 160;

Nível 165 – 190

Esta é a parte mais tensa do processo, as receitas possíveis já não irão lhe ajudar tanto, embora possam render boas kamas enquanto você aumenta o nível da sua profissão, portanto, nesta parte eu irei fazer um pouco diferente:

Recomendo que você faça muitos amuletos do papatudo real (receita level 128) e Amuleto de berna (receita level 156) até upar pelo menos 11 níveis com eles;

Após isso, faça amuleto entormortis até alcançar o nível 180, esse amuleto, embora não tenha uma receita simples (como qualquer outra receita do level) vai lhe render umas boas kamas no processo e caso você tenha time, pode rushar a dungeon dele e dropar praticamente todos os recursos no mesmo lugar;

165-190-3

Depois, faça  anel dos profetas e encerre fabricando  anel da boreal, até alcançar o nível 190;

Level 190-200

Nesta última parte, apenas duas receitas são viáveis para serem fabricadas em escala caso você queira comprar os recursos:

Faça anel colete e  amuleto de Oshimo para alcançar o nível 200;

Lembre-se de uma coisa antes de começar a entrar em desespero: Você pode usar a mesma tática que muitos outros jogadores e oferecer crafts de itens de nível baixo de graça, assim você ganhará XP do mesmo jeito.

Espero que gostem, um abraço, axe-blond, deusa menor do conhecimento.

Guilda Black Power – Retrospectiva 2015

O ano de 2015, foi  cheio de novidades para a Guilda Black Power. Cheio de acontecimentos bons, e ruins também.  2014 fechou e 2015 iniciou sob o comando de Willi-Wonka na Liderança. Período até então em paz, uma briga ali, outra aqui. Fizemos alguns eventos internos durante as férias, e iniciamos alguns projetos também .

Como todos sabem, por volta do final do mês de Março, e início do mês de Abril , por problemas de saúde , Willi-Wonka deixou o game (o que deixou principalmente os membros da guilda  preocupados, bem como a comunidade de players do Spiritia), como uma fênix que ressurge das cinzas , Axe-Blond “deusa menor do conhecimento” , na falta de uma figura de líder para a guilda, assumiu temporariamente até encontrar alguém capaz para liderar a casa novamente e foi então que por volta do mês de maio, nosso querido Puka Cunha, confiou o cetro do trono amarelo à Lufa ,  Sadida experiente , inteligente , amado por todos e que joga de pileque.

Nesse meio tempo, tivemos mais eventos internos, tais como  o BlackPowerminator, organizado por Ghato-pretto  (até então segundo em comando na época) e com apoio de outros membros com destaque principal para Zeref (nosso  eniop , vulgo fadinha) e por meio desses eventos ao longo do ano, a zueira de grupos de facebook e principalmente o polêmico grupo do whatsapp, foi possível ver, e sentir (para quem acompanhou) uma integração muito forte entre os membros da guilda, chegando a bater novamente como 2014, noites com 50, 60 membros online.

Por fim, mês de agosto, Lufa, com pouco tempo para jogar, decidiu passar o cetro amarelo para uma figura um tanto quanto intrigante, chamados por alguns de “ aquele bug preto no mapa “, que se conhece hoje por Ghato-pretto. Atualmente, junto com tal Ecaflip xavoso, comandam a guilda: Aleatoria (Membro responsável por arranjar as tretas diárias), Lordofchaos (Mandem pm no Lordofchaos e digam que eu indiquei), Ashes (Membro do “ Rh “ e que facilmente se encontra nos zaps da vida tirando x1 com ele mesmo e suas 102812308 contas ),  Rokku (pai de família), Fukatsu (sola todos com a força do pensamento ), Dodoi (vulgo machucado feio que enriquece a cada dia parado no zap), Wisce ( wisceboxta), Akyra (vulgo iraquiana) , e entre outros nomes que por hora estão afastados in game , mas estão conosco sempre, observando tudo por debaixo dos panos.                                                                                                                                                         

2015, também foi ano de várias “Hashtags “ como parte da zueira interna da guilda, tais como #Fringsfamilia (querido ex-membro da BP , na vdd ex-membro de quase todas as guildas do server KK) , #Arcoteam , #forçawilli , #wisceboxta , #meninoidiota  , entre outras brincadeiras e prints que fortalecem  a união que temos foi também ano dos textões de vosso ditador brakmariano que faz enfim sua primeira postagem no blog, ano de amizades , confusões , casais polêmicos se formando … Enfim, este foi um breve resumo do ano de 2015 da Guilda Black Power .

Um abraço à todos vocês que hoje fazem parte da guilda, à todos do servidor Spiritia , e que 2016, seja um ano melhor, e que a essência de nossa família continue !

#Ghato-pretto

Segue agora algumas imagens que fizeram parte do ano :

Super Miaws de Combate

10997007_779098175517653_3250931472947055114_n

#Forçawilli

11046691_828238467243963_1016415236818720138_n

” Sob o olhar sanguinário do vigia xD ” _ Joana-Mukirana

11817173_832245576882755_762036100153194773_n

BlackPowerminator 2015 , #arcoteam

11755195_867578836670401_2327982498022185098_n

Romarino após levar um Hitkill de Ashes , no BlackPowerMinator

12278743_1058488540851851_2419702750279325658_n

Sábado de manhã, print com os Membros da Guilda online xD

12294710_804256663018211_2688124337662822457_n

Partindo do point para mais uma treta diária

12316376_806956232748254_1377642948775659178_n

Viward pulando de alegria ao entrar no Oásis brakmariano

12313938_811661812278650_6277163065254357954_n

E é claro, não podia faltar Rokku, não pera … Wmorato !

12391819_959233937477748_9077036804101024079_n

Calypso di Mettronome

Olá meus povos e minhas povas,

Como muitos de vocês sabem eu me aposentei do mundo dos doze, mas não posso dizer que isso é algo definitivo pois a única certeza que temos nesta vida é de que um dia não estaremos mais caminhando neste plano de existência chamado “terra”.

Porém, o fato de estar aposentado não me impede de uma vez ou outra escrever algo nesta joça de blog que há muito está parado – mas os “povos e povas” que cuidam dele estão preparando posts pra vocês – e também não retira o conhecimento que acumulei durante todos estes anos de jogo, então vamos ao que interessa, vou lhes contar o pouco que sei a respeito da personagem que dá nome ao post, Calypso di Mettronome, a simpática ecaflip da imagem abaixo:

Uma gatinha *_*

Uma gatinha *_*

 

 

 

 

 

 

 

 

“Mas como assim? Que diacho de mulher é esta?”

Calypso nada mais é que a ecaflip responsável pelo surgimento do sétimo dofus primordial, um dofus que não teve nome ou seu poder revelado e é conhecido apenas como “sétimo dofus primordial”, algo existente apenas nas histórias de wakfu e que não ficou por muito tempo no nosso mundo, partindo logo de volta para o krosmoz, então vamos ao que interessa:

Quem é ela?

Calypso é uma simpática ecaflip com poderes psíquicos que apareceu pela primeira vez em um dos quadrinhos de Remington Smisse – para quem não sabe, Remington é filho de Vil Smisse, líder do clã roublard na era dofus, que por sinal é meu personagem favorito e a quem chamo carinhosamente de “batman de amakna”.

Juventude:

O auge da juventude de Calypso também representava o auge do seu poder, seus poderes psíquicos eram tão poderosos que ela era capaz de separar sua alma do corpo e viajar pelos mundos em forma astral e foi durante uma dessas viagens que ela encontrou-se com Gresgaoulian, um dragão descendente de Helioboros e consequentemente um dragão branco. Bastou apenas um olhar para que o amor surgisse e mais um casal fosse formado no mundo, porém, havia apenas um pequeno empecilho, Calypso era uma mortal que vivia no mundo dos doze e ele era um dragão, portanto um dos dois teria que abandonar seu mundo para viver com o outro e essa decisão foi tomada pelo dragão, ele simplesmente decidiu materializar sua essência no mundo dos doze para viver ao lado do seu amor.

Calypso encontra Gresgaoulian

Calypso encontra Gresgaoulian

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Caso você não saiba, na mitologia de dofus, os dragões não copulam com o ser que foi capaz de gerar amor no seu coração, por isso eles podem apaixonar-se por qualquer coisa, seja ela humana ou não (um bom exemplo disso é o surgimento do dofus ocre, Terrakuorial apaixounou-se pela Kralamor Gigante, agora você sabe que o boss final da ilha de Otomai é uma linda menina).

Então, voltando a história, Gresgaoulian amou tanto a pequena ecaflip que gerou um dofus, um dofus branco, tão imaculado quanto o marfim, esse dofus é a forma que o dragão “cristaliza” seus sentimentos pela pessoa, ele é o símbolo do vínculo que ele criou com sua pessoa amada (funciona como a aliança que nós, simples mortais, colocamos em nosso dedo anelar quando nos casamos).

Porém, como em qualquer história onde aquilo que se chama amor esteja envolvido, nem tudo são flores e de alguma forma o semideus ecaflip conhecido como Ush Galesh sabia que em breve o dragão iria gerar um dofus e como todos nós sabemos, dofus atraem a luxúria e a ganância das pessoas por poder e era isso que Ush queria, poder para ajuda a irmandade dos esquecido e também para assuntos pessoais.

Ush também sabia sobre três coisas importantes, a primeira era sobre o poder de Calypso para prever o futuro e que ele só funcionava se ela se concentrasse então ele poderia atacar de surpresa enquanto ela estivesse prestando atenção no dragão, a segunda era que ao gerar um dofus, um dragão fica completamente esgotado e leva algum tempo para se recuperar, o que daria a ele uma chance perfeita de atacar e a última e mais importante informação, o poder de Calypso dependia de seus olhos, portanto, ela não poderia usar seus poderes se ficasse cega por qualquer motivo.

Ush observou e aguardou o momento perfeito para o ataque e assim o fez quando teve a oportunidade.

Ush ataca o casal

 

 

 

 

 

Usando sua velocidade e o fator surpresa Ush acertou um dos olhos de Calypso que caiu devido a dor causada pelo ferimento, logo em seguida sacou sua arma e partiu pra cima do dragão. Gresgaoulian estava sem forças e não tinha como lutar, então ele fez o único movimento que estava ao seu alcance, fossilizou o dofus e o enviou para as profundezas da terra, assim Ush não poderia pegá-lo.

E assim aconteceu, então, frustrado, Ush decidiu ir embora enquanto iria pensar em uma maneira de colocar suas mãos, ou melhor, patas, no dofus.

Calypso ficou desolada, seu amor havia voltado para o plano astral (já que ele sacrificou seu corpo físico ao voltar para o dofus, fossilizá-lo e enterrá-lo naquele terreno) e ela estava cega de um olho, agora ela não poderia mais viajar para o plano astral e também não poderia usar sua clarividência para encontrar o dofus, por sorte de Ush e azar dela, o olho arrancado era o que dava a ecaflip a capacidade de ver o próprio futuro, ela agora poderia apenas ver o futuro dos outros.

Algum tempo depois, já recuperada, Calypso decide usar seus poderes restantes para reencontrar seu amor e a única forma de fazer isso era cavando a terra até encontrar o dofus, então ela fez o que estava ao seu alcance, usou seu dom para ganhar dinheiro e ficou milionária, dessa forma ela comprou todo o território onde o dofus poderia estar e o transformou numa área de mineração. Assim surgiu a cidade de Mopsus, que logo foi habitada por milhares de enutrofs mineradores contratados pela ecaflip.

Remington_numero_8_08-1024x410

 

 

 

 

 

Cinquenta anos depois…

Após uma batalha contra seu inimigo semideus e também membro da irmandade dos esquecidos, Ush Galesh, um dos irmãos de Remington, o também roublard conhecido como Granny, foi amaldiçoado e transformado em um gatinho por Ush e devido a isso Remington teve que protelar todos os seus planos e partir em busca de uma cura para seu irmão. Essa busca o levou até uma poderosa advinha chamada Calypso, famosa por ser capaz de ver o futuro com precisão única.

Remington e seu irmão Granny (o gatinho)

Remington e seu irmão Granny (o gatinho)

 

 

 

 

 

 

 

Lá chegando, Remington explica a situação e a vidente aceita ajudá-lo, mas em troca de um favor, o roublard teria que ser seu guarda costas até que ela recuperasse um dofus no fundo de uma mina que ela era proprietária, a mesma informa que a relíquia mágica também estava sendo procurada por outra pessoa com bastante poder.

Traduzindo para o baianês:

Traduzindo para o baianês: “Eu tô ligado que cê tá ligada na colé de mesmo, então coroa, me ajude a trazer meu irmão de volta”.

 

 

 

 

 

 

 

Remington aceita o trato e parte para a mina com a senhora ecaflip, durante o trajeto eles são atacados por vários capangas de Ush e durante um dos combates ele descobre que aquela velhinha não era tão indefesa quanto dizia ser, na verdade ela era muito mais forte que ele e não precisava de um guarda costas, Calypso pede desculpas ao roublard e informa que o enganou, na verdade ela apenas precisava de uma distração para Ush e seus asseclas e decidiu usá-lo como uma já que ele havia procurado por ela no momento mais oportuno, então ela parte para a última câmara e deixa Remigton lutando contra os soldados.

Lá chegando, ela vê o dofus gerado por seu amor draconiano e toca no mesmo, o sentimento entre os dois floresce e Gresgaoulian finalmente pôde trazer seu corpo físico para o mundo dos doze novamente.

O final da história é bonito e simples, Gresgaoulian usa seus poderes para curar o olho perdido de sua amada e torná-la jovem novamente (afinal de contas ele é descendente do dofus marfim, o dofus da cura) e decide levá-la com ele para viver em seu mundo.

” Eu vou tirar você desse lugar, eu vou levar você pra ficar comigo e não me importa o que os outros vão dizer…” José, Odair.

 

 

 

 

 

 

 

Como diz aquela frase clichê “E assim eles foram felizes para sempre”.

Após o ocorrido, Ush decide ir embora e diz a Remington que só bastava ele ir até sua torre para terminarem aquele combate, Remington também decidi partir, já que não havia mais nada para fazer ali.

O que aconteceu com o dofus?

O sétimo dofus primordial chocou quando Gresgaoulian renasceu e por isso nenhum bebê dragão surgiu, ao invés disso, o único objeto encontrado no local foi um colar de ouro com uma pedra branca, esse colar foi encontrado por um enutrof chamado Relef-Kor, guardado pelo mesmo e com o tempo foi possivelmente esquecido.

colar

 

 

 

 

Bem pessoal, minha hora chegou e neste momento eu dissipo de novo novamente a minha essência e volto a vagar por aí entre os vários planos da existência, até a próxima visita.

Espero que tenham gostado, um abraço, Axe-Blond, deusa menor do conhecimento.

Sessão “O pulo do gato” – Enutropia – Agrifax

Olá meus povos e minhas povas,

Eu, quando encontrei o Agrifax dando sopa na dimensão enutrof.

Eu, quando encontrei o Agrifax dando sopa na dimensão enutrof.

Hoje trago para vocês mais um vídeo da sessão “O pulo do gato” e dessa vez o procurado em questão é o mesmo que dá nome ao post, Agrifax, um perfuratroz muito malvado que habita a zona mid level de enutropia, mas que não é nenhum bicho de sete cabeças para derrotar, primeiramente, vamos descobrir o que significa a expressão “o pulo do gato”:

O pulo do gato é uma gíria baiana, talvez nordestina que significa “Vou lhe ensinar uma maneira mais fácil de fazer algo” e é essa a minha intenção, mostrar a vocês a maneira mais fácil de fazer algo, nesse caso, boss de dungeons, procurados e coisinhas em geral, como encontrá-los e etc.

Agora sim, vamos ao que interesasa, o que devemos saber sobre Agrifax antes de entrar em combate:

A tática ninja de combate dele

Agrifax tem uma tática simples de combate, ele abusa de um hit kill (o famoso HK), essa magia pode ser conjurada por ele uma vez a cada três (3) turnos;

Além disso, toda vez que ele começa o seu próprio turno, Agrifax ganha 1PM (duração infinita) o que faz com que ele sempre ande uma casa a mais todo turno, isso facilita com que ele alcance alguém para usar o hit kill;

No mais, é só bater, no melhor estilo pé na porta e… (completem a frase)

Dica do mestre puka:

Não é obrigatório, uma vez que o combate contra ele é bem simples, mas caso você queira, leve um personagem que abuse da retirada de PMs, isso facilitará muito a sua vida;

Não entendeu nada? Ficou com preguiça de ler? Minha escrita deu câimbra em seus olhos? Então veja a joça de vídeo que gravei abaixo:

Espero que gostem, um abraço, Axe-blond, deusa menor do conhecimento.

Sessão “O pulo do gato” – Amakna – Sphincter Cell

Olá meus povos e minhas povas,

Sua reação quando eu posto uma sessão nova, não minta, eu sei que é assim.

Sua reação quando eu posto uma sessão nova, não minta, eu sei que é assim.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Continuando com os vídeos da sessão “o pulo do gato, hoje eu trago pra vocês algo que não faço a muito tempo, vídeo de um boss de dungeon.

A luta contra esse cara não é algo muito tenso e eu considero ele um oponente simples (mas no passado ele já foi o terror de muitos corações), antes de saber como derrotá-lo vamos primeiro aprender o que é esse tal pulo do gato:

O pulo do gato é uma gíria baiana, talvez nordestina que significa “Vou lhe ensinar uma maneira mais fácil de fazer algo” e é essa a minha intenção, mostrar a vocês a maneira mais fácil de fazer algo, nesse caso, boss de dungeons, procurados e coisinhas em geral, como encontrá-los e etc.

Agora que você já sabe do que se trata esta joça de post, vamos ao que interessa, o que você precisa saber para derrotar este cara:

1º Sphincter pula todo turno e só ataca colado (em uma célula adjacente), portanto, se você conseguir deixá-lo em gravidade ou retirar seus PMs isso ajuda muito, inclusive para retirar as resistências dele, processo que explico daqui a pouco;

2º Cuidado com o rato preto, ele utiliza um buff chamado peste negra que faz com quê toda pessoa com ele morra ao ser atacado por este rato;

3º Cuidado com o rato branco, ele utiliza um buff chamado peste branca, que faz com que qualquer pessoa que esteja com ele morra se for curada;

Como tirar a resistência do sphincter:

No vídeo você perceberá que Sphincter invoca quatro tartarugas, cada uma dela tem uma cor e representa um elemento diferente:

Azul – àgua

Amarelo – Ar

Verde – Terra

Vermelha – Fogo

Para tirar a resistência do boss você precisa deixar ele ao lado de uma dessas tartarugas e não deixar elas andarem, dessa forma, no turno delas, as mesmas irão retirar 200% de resistência equivalente ao seu elemento, então é só bater.

Não entendeu nada? Ficou com preguiça de ler? Minha escrita deu câimbra em seus olhos? Então veja a joça de vídeo que gravei abaixo:

Espero que gostem, um abraço axe-blond, deusa menor do conhecimento.

Sessão “O pulo do gato” – Amakna – Anatak Diskedor

Olá meus povos e minhas povas,

 

Continuando com os posts da sessão “O pulo do gato”, hoje trago para vocês um singelo guia sobre como derrotar o procurado que dá nome ao post, Anatak Diskedor;

Ele é um dos sete novos procurados implementados na versão 2.28 do jogo e não é nenhum bicho de sete cabeças para derrotar, mas como de costume, primeiro vamos aprender o que significa a expressão “O pulo do gato”

O pulo do gato é uma gíria baiana, talvez nordestina que significa “Vou lhe ensinar uma maneira mais fácil de fazer algo” e é essa a minha intenção, mostrar a vocês a maneira mais fácil de fazer algo, nesse caso, boss de dungeons, procurados e coisinhas em geral, como encontrá-los e etc.

Agora que você já sabe, vamos ao que interessa, para derrotar essa criatura você precisa apenas aprender algumas coisinhas a respeito, são elas:

1º Ele não tem estado invulnerável, ou seja, não precisa ser desbuffado, então vocês podem usar a minha velha frase, “a tática é pé na porta e soco na cara”, só isso;

Sim, isso mesmo que você leu, não tem nenhuma tática específica para derrotar esse cara e ele também não tem nenhum “Ebó da galinha preta”, sua tática de luta consiste em ir pra cima e usar vários ataques em área que causam poucos danos mas usados em grandes quantidades, o que no final causa um dano razoavelmente alto;

Fora isso, ele utiliza um ataque que tem alcance fixo de três células em linha reta que faz com que ele troque de lugar com o alvo e tire cem pontos de movimento do mesmo no processo (esse efeito não acontece sempre, não consegui calcular o cd, mas a luta é tão fácil que você nem precisa se estressar com isso);

Dica do mestre Puka:

Como este moço aí só ataca colado, uma boa tática é manter ele longe e retirar seus PMs, assim ele fica apenas chupando dedo e apanhando;

Não entendeu nada? Ficou com preguiça de ler? Minha escrita deu câimbra em seus olhos? Então veja a joça de vídeo que gravei abaixo:

Espero que gostem, um abraço, Axe-Blond, deusa menor do conhecimento.

 

Sessão “O pulo do gato” – Amakna – Tyranna, a terrível

Olá meus povos e minhas povas,

Eu, quando encontrei a Tyranna de bobeira no meio do mato...

Eu, quando encontrei a Tyranna de bobeira no meio do mato…

Finalmente a faculdade parou de me apertar (tive uns setecentos seminários na mesma semana) e eu pude escrever alguma coisa nova pra colocar nesta joça de blog, desta vez eu vou mostrar como capturar essa procurada que dá nome ao post, Tyranna, a terrível, a luta é simples e não tem dificuldade;

De onde saiu essa nova procurada?

Tyranna foi implementada recentemente dentro do jogo, ela é um dos sete novos procurados que estão no game e vieram junto com a att 2.28 (a mesma atualização dos novos troféus), todos esses novos procurados tem um tempo elevado de respanw (cerca de doze horas) e essa atualização veio para que a ankama faça o que ela ela faz de melhor, encher linguiça;

Então vamos ao que interessa:

O que você precisa saber para derrotar a Tyrana?

A luta é muito simples, como eu disse acima, Tyranna não precisa ser desbuffada, não tem nenhum hit kill ou qualquer coisa mais apelativa, mas tem dois efeitos simples, são eles:

1º Toda vez que sofre dano ela troca de lugar com o seu agressor;

2º Ela reflete uma parte irrisória dos dos danos quando é acertada numa célula adjacente (isso não acontece toda hora, a luta é tão fácil que eu nem quis estudar mais sobre ela)

Agora é só pegar a luta e usar a velha tática do “pé na porta e soco na cara” para ser feliz, vá pegar sua recompensa soldado;

Não entendeu nada? Ficou com preguiça de ler? Minha escrita deu câimbra em seus olhos? Então veja a joça de vídeo que gravei abaixo:

Espero que gostem, um abraço, Axe-Blond, deusa menor do conhecimento.

A mesa do mestre puka – “Maldita falha crítica” – By Guilherme Henrique

Olá meus povos e minhas povas,

Imagem meramente ilustrativa. Artista: Glanco Justicar

Imagem meramente ilustrativa.
Artista: Glanco Justicar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Finalmente, depois de duzentos anos, alguém teve coragem de escrever um conto e me enviar para que eu aderisse à mesa, o felizardo dessa vez foi o Guilherme Henrique, também conhecido como Joana-Mukirana;

Confesso que isso me fez lembrar do meu antigo passado no dofus, quando essas coisas aconteciam e você ganhava uma luta perdida justamente porque a adaga do oponente deu falha crítica e ele perdeu o turno;

Então vamos ao que interessa, espero que gostem:

Estava exaurido, apoiado em sua fiel amiga, sua espada, hematomas por todo o corpo, pressentindo a morte certa que o esperava. O discípulo de Pandawa absorveu todos seus golpes com imensurável maestria, esquivou-se de suas mais hábeis habilidades. Jamais provara uma batalha a qual não visse uma chance de vitória. Fechou seus olhos, e pediu ao Deus Yop um ultimo auxilio para acabar com o seu adversário. De repente uma força inigualável tomou conta do ambiente, um poder de natureza divina parecia exalar do Jovem guerreiro. Levantou-se com um sorriso de desdém, olhos em chamas e partiu com ferocidade em direção ao oponente. Por alguns segundos ele saboreou a sua maior vitória, porém em um descuido tropeçou em uma pedra e caiu de cara no campo de batalha. Aproveitando o descuido do Jovem Yop, o Andarilho Eufórico o tornou cativo, e antes do guerreiro desmaiar, suas ultimas palavras foram, ” Maldita Falha critica”.

Gostei, curtinho, simples e me agradou, espero que mais pessoas tomem coragem e enviem suas “coisitas” também;

Espero que gostem, um abraço, Axe-Blond.

A mesa do mestre Puka – Kinai e Aliendra.

Olá meus povos e minhas povas,

Imagem da minha despedida do dofus com a alihana, imagem meramente ilustrativa.

Imagem da minha despedida do dofus com a alihana, imagem meramente ilustrativa.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fiz este post apenas como exemplo para vocês que querem criar uma história para enviar mas não sabem como fazer, hoje, eu postarei um trecho dos livros que já escrevi, mas que pretendo fazer outra coisa com eles futuramente, espero que curtam:

“A jovem dama irrompeu a cachoeira do local e invadiu o pequeno quarto que havia atrás dela, lá dentro estava aquela a quem ela chamava de mestra, uma senhora feca que, mesmo tendo um rosto jovem, ela sabia que tinha idade para ser sua tataravó. A jovem senhora de cabelo amarelo nada falou, não fez alguma menção de não ter gostado daquela entrada, apenas esperou até a jovem impetuosa que ela carinhosamente chamava de minha flor falar.

– Eu ainda não consigo aceitar que você, mesmo tendo poder para virar uma deusa menor preferiu se manter mortal, um reles mortal assim como eu e continuar carregando suas duas maldições, você deveria ser algo maior e superior, assim como os deuses! – indagou a jovem, com seu tom de voz sempre agressivo.

A senhora olhou com olhos de avó para a menina – para ela a jovem sadida ainda era uma menina, mesmo tendo idade para ser adulta – ficou calada mais uns instantes e enfim começou a falar.

– Eu já disse que prefiro continuar assim pois os mortais são superiores aos deuses, sei que não posso morrer por causas naturais e não envelheço devido ao feitiço xelor que alterou meu relógio biológico fazendo com que meu corpo não envelheça mais, sei que meu poder, devido a minha idade, é maior que o de muitos guerreiros que existem por aí, mas isso não me faz superior ou uma deusa, ou até mesmo deusa menor, eu não sou diferente de você, sou apenas uma pessoa mais velha e só.

A garota, enfurecida, utiliza um de seus feitiços e invoca uma sarça que bate violentamente na parede e derruba uma das estantes cheias de livros, então se acalma, pondera, começa a arrumar a bagunça que fez e pergunta:

– Como assim? Mortais superiores a deuses? Você está ficando louca, deve ser a sua idade avançada.

Kinai, que brincava de manipular a água da cachoeira para fazer bolhas vira-se lentamente, com a mesma expressão de avó para a sadidete, respira fundo e procura a explicação que julgava ser perfeita para mostrar àquela menina o motivo de achar os mortais superiores aos deuses, até que finalmente decide falar:

– Minha flor, isso é simples de perceber e até mesmo de explicar, os deuses são os deuses antes mesmo de criarem suas raças, Sadida sempre foi e sempre será Sadida, o deus da natureza, Feca sempre foi e sempre será feca, a deusa da proteção. Eles sempre foram isso desde antes da criação do mundo e sempre serão isso e apenas isso. Os deuses são imutáveis. Por isso os mortais são superiores.

A sadidete respirou fundo, relaxou as mãos e a boca.

– Isso não pode ser verdade. Se os mortais são superiores, porque eles cultuam os deuses?

– Os mortais fazem o que querem minha flor – disse Kinai – E são o que querem. Podem ser ferreiros, sapateiros, guardas, mercadores. Enquanto os deuses estão sempre presos nas suas celas de poder imensurável. Nunca podem mudar. É por isso que prefiro ser uma mortal e não uma semi deusa, você consegue me compreender agora?

Sem argumentos, a sadidete vai embora – Voltarei depois, preciso me aventurar um pouco pois cansei de toda essa paz daqui – disse antes de sair.

Kinai volta para seu ponto de meditação e lá fica “vai menina, cuide bem dos seus amigos e treinem, vocês irão precisar de toda experiência em batalhas possível para enfrentar o mal que estar por vir” pensou.

Então a paz volta ao recinto e tudo que ela ouvia era o som da cachoeira de Akwadala.”

Caso o conto acima não lhe ajude, deixo também um link para um post legal ensinando a como criar um bom background para seu personagem:

http://www.fantasiaemjogo.com.br/dicas/10-dicas-para-criar-um-bom-personagem/

Espero que curtam e me mandem histórinhas *_*, um abraço, Axe Blond, Deusa menor do conhecimento.